NOTIFICAÇÕES (A ANSIEDADE NA VIDA MODERNA - PARTE 1/5) - Psicanalista Sandro Cavallote
17378
post-template-default,single,single-post,postid-17378,single-format-standard,bridge-core-2.6.4,qode-page-transition-enabled,ajax_fade,page_not_loaded,,no_animation_on_touch,qode-title-hidden,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-26.4,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.6.0,vc_responsive

NOTIFICAÇÕES (A ANSIEDADE NA VIDA MODERNA – PARTE 1/5)

(Como muita gente está mandando DM sobre como lidar com a ansiedade, decidi dividir em posts algumas dicas para auxiliar na manutenção)

O celular faz parte da nossa vida, isso é um fato. Mas a busca constante de atenção que ele exige nos tira da realidade. Nos força a estarmos o tempo todo conectados, mas nos desconecta de nós mesmos.

Isso é um fato físico: nosso córtex pré-frontal (centro executivo do cérebro) está ligado à nossa capacidade de raciocínio, memorização, tomadas de decisão e autoregulação emocional.

Quando você está executando uma tarefa, muita energia é exigida pelo cérebro (uma leitura de um documento importante, por exemplo) e milhares de conexões são feitas para a melhor compreensão do conteúdo. Ao receber uma notificação, a necessidade e curiosidade fazem com que você pare e desvie o foco de atenção para o celular, desfazendo as conexões para que outras (com novas necessidades) sejam feitas.

Boa parte do que você assimilou se dissipa e, ao retornar para o documento, as conexões precisam ser refeitas, gerando cansaço, estresse e aquela sensação de não estar compreendendo. Um sentimento de perda da eficiência das atividades intelectuais e procrastinação constante.

Apps são desenvolvidos com a dinâmica de fazer com que tenhamos a necessidade de estar sempre conectados porque, principalmente as redes sociais, sobrevivem dessa atenção eterna. O tempo passado em smartphones está interferindo em nossa autoestima, sono, relacionamentos, memória, atenção, criatividade, produtividade e tomada de decisões.

Limitar as distrações do mundo exterior pode trazer vários benefícios para seu bem-estar emocional, ainda mais durante esta fase tão complexa que estamos vivendo, com o isolamento.

Não é preciso muito. Pense:
– Quais os apps são realmente necessários para realizar atividades em seu dia?

Organizar alguns minutos do dia para acompanhar suas redes sociais é um bom exercício. Determinar, por exemplos, que irá desativar as notificações e só acessar durante 30 minutos por dia.

Executar tarefas longe do aparelho também pode ajudar. E muito.

Abrir espaço para atividades reais e importantes pode fazer a diferença na manutenção da ansiedade.

CLIQUE PARA AGENDAR UMA PRIMEIRA CONSULTA SEM COMPROMISSO.



Abrir Chat
Posso ajudar?