Sandro Cavallote, Autor em Psicanalista Sandro Cavallote
-1
archive,author,author-sandro-cavallote,author-1,bridge-core-2.6.4,qode-page-transition-enabled,ajax_fade,page_not_loaded,,no_animation_on_touch,qode-title-hidden,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-26.4,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.6.0,vc_responsive

Um dos grandes questionamentos que chegam durante as transmissões sobre Psicanálise é o contexto educacional que poderia ser aplicado às dinâmicas de Escuta. Por ser uma prática um-a-um (mesmo que elabore transformações no coletivo) e o acolhimento seja feito a partir da singularidade, há espaços...

Quando lidamos com o entretenimento, muito já foi desenvolvido para trazer nossas emoções à tona. O cinema lida com uma parcela do exagero, muitas vezes óbvio, muitas vezes para enaltecer afetos e trazer algum tipo de reação emocional a espectador. Mas sempre nos superlativo, sempre...

Amanhã teremos o 2º. Encontro do GPA (Grupo Psicanálise e Adolescência), parte fundamental do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Psicanálise e Adolescência, o Neppa-EPC. Entre as diversas trocas que desenvolveremos, também teremos um embasamento teórico focado no maravilhoso livro “Uma breve história da adolescência”,...

Quando falamos de adolescência, falamos de uma época bastante confusa em nossas vidas. Entre as várias dificuldades e confusões às quais estamos suscetíveis, temos que lidar com uma estrutura biológica relacionada a afetos que, diferentemente de nossa infância, pode ir ao ato. A sexualidade (em...

“Temos evitados estar conosco exatamente porque teremos que lidar com nós mesmos. Isso é parte constante na clínica: o ato falho de ‘se eu parar pra pensar terei que pensar em mim mesmo’, o que já mostra o quão adoecidos estamos quando não conseguimos nem...

Ontem foi um dia muito especial: teve início o curso introdutório a um dos psicanalistas mais importantes da minha jornada. Sándor Ferenczi chegou até mim pelas provocações que o Tripé Psicanálitico traz, principalmente em uma base mais crítica, sobre nossas inquietações para a clínica. Ao...

Quem me acompanha nos espaços de transmissão sabe que a tecnologia, internet e redes sociais fazem parte da minha dinâmica acerca do sofrimento psíquico. Tenho interesse genuíno nas construções pela busca do desejo nas figuras de atenção, microimpulsos, amplitudes narcísicas, controle midiático, exposição de telas...

Como se recuperar de uma tragédia? Nós, adultos, já temos nossas dificuldades para com o assunto, mas e quando tal evento se dá ainda na adolescência? Como o acontecimento vai reverberar comigo, com a família, com os amigos, com a sociedade em si? Com um...

[ESTREIA] #005 – FELICIDADE S.A. Hoje estreia o novo fragmento/aula da Comunidade Mal-Estar e Linguagem, um espaço de trocas, desenvolvimento humano e construção de conhecimento em relação à Psicanálise e à Contemporaneidade. “Felicidade S.A.” é o tema deste mês. Com conteúdos com mais de 4 horas divididos em 13...

Quando falamos de Psicanálise e Contemporaneidade, temos que ter em mente que as incidências das novas formas de sofrimento devem ser consideradas no setting. Não canso de repetir: Freud é imprescindível para a Psicanálise, não há organização teórica-prática sem ele, entretanto são mais de 100...

Abrir Chat
Posso ajudar?